FashionTêxtil

CEO da Haco, Alberto Lowndes, é destaque em palestra na Fiesp

O case de sucesso da Haco foi apresentado a empresários do setor têxtil

O CEO da Haco, Alberto Conrad Lowndes, esteve presente na reunião mensal do mês de fevereiro do Comitê da Cadeia Produtiva da Indústria Têxtil, Confecção e Vestuário (Comtextil) da Fiesp nesta terça-feira (18). O encontro aconteceu na sede da Fiesp em São Paulo e reuniu lideranças do setor têxtil brasileiro. Alberto apresentou o case “Haco: 92 anos de moda e inovação”.

Alberto, que preside a empresa desde 2012, apresentou a evolução da Haco e detalhou como a indústria em seus 92 anos vem se consolidando como uma das melhores e mais inovadoras no cenário mundial de identificação de marcas. Ao final do evento foi condecorado com uma placa de homenagem em razão da história de sucesso da empresa que preside.

Para ele, a estratégia da Haco está em sua consolidação como provedora única de soluções de identificação. Ou seja, além de se tornar uma empresa completa e fornecer toda a família de identificação de marca, tem a capacidade de fornecer soluções em embalagens para o varejo.

Também ganharam destaque os investimentos da Haco em inovação, o que a tornaram referência e precursora na fabricação de Etiquetas RFID no Brasil. “A Haco já comercializa a tecnologia há mais de 12 anos e vem participando ativamente dos principais projetos do varejo brasileiro com o uso da tecnologia RFID. Fornecemos etiqueta para todo o mundo”, comentou.

Falou também sobre a ampliação da capacidade fabril da companhia e adequações visando a indústria 4.0: no último ano foram investidos mais de R$ 20 milhões em suas fábricas. O aporte proporcionou a modernização do parque fabril e aquisição de máquinas para acabamento e dezenas de novos teares para a ampliação da produção de etiqueta tecida de alta definição.

Fomento ao setor

O Comitê da Cadeia Produtiva da Indústria Têxtil, Confecção e Vestuário – Comtextil da Fiesp, tem por objetivo fortalecer o setor e unir esforços de toda a cadeia, focando o desenvolvimento industrial no país. Desenvolve significativas ações e melhorias, orientando os trabalhos na busca de soluções, aprimoramento tecnológico e estratégico focado na agenda positiva, conquistando a união entre os diversos elos da cadeia. Hoje a Fiesp tem como principal causa a luta pela competitividade brasileira, com reivindicações para diminuir os custos de produção e conter a desindustrialização.

Assine nossa Revista

Garanta sua assinatura e receba a revista em casa!