EventosFeiras & Eventos

Construsul encerra com projeção otimista para construção civil no segundo semestre

Durante quatro dias, Feira Internacional da Construção reuniu mais de 36 mil profissionais na FIERGS, em Porto Alegre

Encerrou nesta sexta-feira (02), a 22ª Construsul – Feira Internacional da Construção, que durante quatro dias reuniu mais de 36 mil profissionais do setor no Centro de Eventos da FIERGS, em Porto Alegre/RS. Para a Sul Eventos Feiras Profissionais, promotora da Construsul, esta foi mais uma edição positiva. “Estamos otimistas e com esperança que a Construsul 2019 marque o pontapé inicial para a retomada da construção civil no Brasil. Percebemos que o setor está muito otimista, mas que todos estão mantendo os pés no chão”, avaliou o diretor da promotora, Paulo Richter. “A feira foi excelente. A visitação atingiu o esperado e o índice de renovação para 2020 está dentro das expectativas. Além disso, é perceptível a satisfação dos expositores com a realização de negócios durante a feira”, complementou.

Entre os expositores desta edição estava a Âncora Group, que retornou à Construsul após alguns anos sem participar. “Percebemos que a feira cresceu muito, aumentando de forma significativa o público qualificado. Recebemos diversos distribuidores e lojistas, conseguindo ampliar o nosso relacionamento no Sul do país. Neste ano, apresentamos a nossa nova marca Einhell aos sulistas e a receptividade foi muito boa”, destacou Roberto Bernardi, diretor comercial do grupo. “A participação na feira superou as nossas expectativas, pois conseguimos fechar diversas negociações e temos outras encaminhadas. A Construsul, com certeza, fez diferença para o segundo semestre da Âncora Group em termos de negócios. Tanto que já garantimos um espaço 50% maior para a próxima edição, quando pretendemos trazer um mix ainda maior de produtos”, comemorou Bernardi.

Já a empresa DB – Dagoberto Barcellos participa anualmente da feira desde a terceira edição. “Para nós, a Construsul é o principal evento para lançar produtos, tendências e estar em contato com o público. Esta edição foi positiva, percebemos que o público está bem qualificado, fechamos alguns negócios e encaminhamos diversos outros”, pontuou Mateus Britto, gerente comercial. Para ele, o setor de construção civil está otimista que não haverá retração nos próximos meses. “O que o nosso setor precisa para ter segurança em investir mais é previsibilidade, com um cenário político e econômico estável no país conseguiremos dar passos largos”, avaliou Britto.

Entre os visitantes deste último dia de feira estava Diorgenes Medeiros, coordenador do setor de suprimentos de uma construtora de Porto Alegre. “Costumo visitar a Construsul todos os anos. É a plataforma ideal para encontrar novidades do setor e descobrir novos fornecedores”, comentou. “Neste ano pela primeira vez tive a oportunidade de acompanhar uma palestra e acho muito positivo o evento também proporcionar isso aos profissionais”, salientou Medeiros.

Espaço Construsul Construtechs confirmado para 2020

Neste ano, uma das grandes novidades da feira foi o Espaço Construsul Construtechs, que reuniu startups que apresentam soluções tecnológicas para a cadeia produtiva da construção civil. “Feira também é inovação e, por isso, neste ano trouxemos este espaço, que devido ao sucesso já está confirmado para a edição de 2020”, revelou Richter. Ele explica que o setor de construção civil sempre foi resistente às tecnologias, mas que agora está aprendendo a usufruir dos benefícios da mesma. “O setor teve que se render à tecnologia para aprender a otimizar os processos construtivos e de gestão, buscando reduzir custos. Aqui na feira conseguimos tornar tangíveis alguns conceitos tecnológicos do setor. Os visitantes puderam ver de perto a realidade aumentada aplicada à construção civil, por exemplo”, explicou.

Além de ser expositora da Construsul, a Pauluzzi também foi uma das primeiras a confirmar presença no espaço das construtechs através do aplicativo Augin, uma ferramenta que utiliza a tecnologia de realidade aumentada na área de construção civil e por meio de plugins permite o envio de arquivos de imagem em 3D, possibilitando a visualização dos modelos e plantas em escala real no ambiente. Para Juan Carlos Germano, sócio-diretor da Pauluzzi e CEO da Augin, este novo espaço da Construsul é fundamental. “As construtechs são uma tendência do mercado e, cada vez mais, surgirão empresas propondo soluções diferentes. O espaço Construsul Construtechs permite que as startups apresentem suas plataformas a um público maior, trocando ideias e recebendo o feedback do setor”, avaliou.

Edição de 2020 – A 23ª Construsul já está confirmada para julho de 2020, quando ocorrerá novamente na FIERGS, das 13 às 21 horas.

Fotos: Guilherme Gargioni

Assine nossa Revista

Garanta sua assinatura e receba a revista em casa!