FashionCalçados

Couromoda 2020 - Retomada da competitividade dá o tom dos negócios no setor calçadista brasileiro em 2020

Crescimento de 12% na visitação do evento confirma acerto no formato de três dias da 47ª edição da Couromoda

COUROMODA, feira de calçados e artigos de couro mais importante da América Latina, encerra sua 47ª edição com elevado clima de confiança em um ano altamente positivo para o setor calçadista, que promete firme retomada do consumo. Integrada 100% à COUROMODA, aconteceu também a 10ª São Paulo Prêt-à-Porter - Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios, destinada às indústrias de vestuário e acessórios de moda de pequeno e médio porte.

Corredores movimentados, estandes cheios na sua maioria, pedidos sendo tirados em volume como há tempos não se via e muitas prospecções para novas parcerias. Os três dias da Couromoda 2020 foram assim, uma imersão intensa no mundo da moda e dos negócios.

Conforme levantamento divulgado pelo Diretor Geral da Couromoda, Jeferson Santos, a visitação no evento cresceu 12% sobre a edição do ano passado. "Este novo formato de três dias, mais compacto, foi amplamente aprovado por expositores e visitantes. E os resultados são expressivos, tanto no que diz respeito à presença de profissionais no Expo Center Norte, quando no que se refere às vendas", comemora.

A nova configuração de três dias, que fez sua estreia em 2020, proporcionou uma dinâmica mais intensa nas relações comerciais, sem nunca desconsiderar o olho a olho entre fabricantes, lojistas e importadores, fator essencial para bons negócios. O evento, realizado de 13 a 15 de janeiro, reuniu mais de 2.000 coleções de calçados, bolsas, acessórios e confecções, com foco principal no outono-inverno, mas também com produtos de alto verão para pronta-entrega.

A edição 2021 já tem data marcada e será realizada de 11 a 13 de janeiro. “A expectativa para o próximo ano é de um incremento superior a 10% nas áreas destinadas aos expositores, motivada pela confiança na economia de toda a indústria e varejo" avalia Santos.  O evento, reconhecido por fortalecer a relação entre o varejo e os lojistas, além de gerar negócios que correspondem a 35% do movimento anual do setor calçadista, reúne grandes players do mercado calçadista nacional e compradores estrangeiros dos maiores centros de consumo do mundo, como Estados Unidos e América Latina. 

Marcas comemoram participação na Couromoda

Ferracini 24h, marca especializada em calçados masculinos e referência no segmento, trouxe para a Couromoda uma linha especial de snickers, além de diversos outros produtos, e manteve o estande movimentado durante o evento. “Estamos muito felizes com o que vimos na Couromoda.  Fomos uma das primeiras empresas de calçado masculino a acreditar e tentar investir nesse caminho. Hoje vemos que o nosso público está satisfeito. Teve aceitação, retorno e o nosso consumidor está com ele nos pés. A feira para nós tem sido uma afirmação do segmento e ela mostra que estamos no caminho certo”, pontuou Marcelo Reis, estilista da marca.

Reconhecida no mercado pelo trabalho com calçados masculinos que alia conceitos de moda e conforto, a Villione está presente na Couromoda pelo 17º ano consecutivo e prevê um ano próspero com crescimento de 10% no volume total das vendas. Como a feira é um termômetro do comportamento do mercado nos próximos meses, a marca acredita estar no caminho certo. “A gente entende o evento é um grande canal de vendas e um lugar onde abrimos diversas outras possibilidades para grandes oportunidades de negócios. É uma feira que representa muito para as indústrias”, garante Adilson de Freitas Pimenta, diretor geral da Villione.

Incentivos fiscais animam a indústria nacional

Os governadores Eduardo Leite (Rio Grande do Sul) e João Doria (São Paulo) estavam em sintonia na Couromoda 2020. Ambos foram homenageados e celebrados pela iniciativa de redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para o setor em seus respectivos estados -  de 12% para 4% no Rio Grande do Sul e, de 7% para 3,5% em São Paulo.

Em São Paulo, a desoneração foi estendida também aos atacadistas de produtos de couro, que contarão com redução da carga tributária de 18% para 12%. A ação visa equalizar as condições de competitividade das empresas paulistas diante da forte concorrência de benefícios semelhantes concedidos por outras unidades da federação e incrementar a atividade econômica do setor que detém alto potencial de geração de emprego.

Tecnologias inovadores encantaram os lojistas

A Varejo Tech Store Data System by Couromoda, loja conceito que apresenta tecnologias inovadoras para o varejo de calçados e confecções, recebeu mais de 500 visitantes só no primeiro dia da 47ª Couromoda. Inovador, o espaço contou com a participação de 10 tecnologias visíveis e 15 marcas de calçados, bolsas, roupas e acessórios que simulam uma loja real, totalizando 25 participantes. O Espelho Interativo, da ICX Labs, que propôs uma experiência inovadora por meio da integração entre plataforma digital e loja física, foi uma das tecnologias que mais chamaram a atenção dos visitantes. Trata-se de uma solução que permite ao consumidor desde a navegação nos produtos da loja até o check out diretamente no espelho.

Outras tecnologias também surpreenderam os lojistas, como as soluções de gestão de visual merchandising. O Vitrine Retail ajuda no controle da execução das instruções e implementação de campanhas de marketing em lojas físicas através de uma solução mobile. Houve demonstração  sobre como ocorre a comunicação entre a matriz e as filiais e os benefícios dessa tecnologia), Lista da vez (plataforma inteligente da Indeva que que ajuda os vendedores a baterem metas com mais facilidade), experiência omnichannel (plataforma de comércio unificado da VTEX na nuvem que acelera a transformação digital de lojas), experiência omnichannel e mobilidade (da Data System, demonstra o inventário de estoque mobile com tecnologia RFID, check out mobile e sistema de gestão integrado à loja virtual) e contador de fluxo e hot zone (tecnologias da Virtual Gate trazem ao varejista, de maneira segura e automatizada, informações e análises sobre o fluxo de pessoas dentro da loja e mapas de calor).

Exportação

No total, compradores de 45 países da América Latina, Estados Unidos, Europa e Oriente Médio, presentes na COUROMODA 2020.

De acordo com o balanço divulgado pela Abicalçados no evento, o comportamento das exportações foi determinante para que 2019 se mantivesse em crescimento. No ano passado, foram embarcados ao exterior cerca de 114 milhões de pares por US$ 967 milhões, um aumento de 0,9% em volume, no comparativo com 2018. Um crescimento puxado especialmente em função do aumento dos embarques para os Estados Unidos, resultado direto da guerra comercial instalada entre o país norte-americano e a China. No período, em função das sobretaxas às importações da China, os compradores norte-americanos buscaram calçados em países alternativos ao gigante asiático, favorecendo o Brasil, maior produto de calçados do Ocidente.

Expectativas

Para 2020, o setor espera crescer cerca de 2,5%. Porém, diferentemente do ano passado, esse número deve ser puxado pelo desempenho no mercado interno, que absorve mais de 85% da produção de calçados – em torno de 960 milhões de pares por ano. Já no mercado externo, a percepção é de que Estados Unidos e China estão “se acertando” e que o setor de calçados deve retornar aos patamares anteriores de embarques para o país norte-americano, historicamente o principal destino do calçado brasileiro além-fronteiras.

COUROMODA 2021

48ª Feira Internacional de Calçados, Artefatos de Couro e Acessórios de Moda 

couromoda.com 

@couromoda 

SÃO PAULO PRÊT-À-PORTER  

11ª Feira Internacional de Negócios para Indústria de Moda, Confecções e Acessórios 

saopaulopretaporter.com 

@sppretaporter 

Assine nossa Revista

Garanta sua assinatura e receba a revista em casa!