NegóciosCases de Sucesso

Grupo Kyly está entre as Melhores Empresas para Trabalhar 2019

Empresa catarinense mantém dezenas de programas corporativos voltados à gestão, ao aprimoramento e ao bem-estar dos 1,8 mil colaboradores

Na noite da última terça-feira (19), a Kyly foi anunciada, mais uma vez, como uma das 150 Melhores Empresas para Trabalhar 2019, no ranking elaborado pela Revista Você S/A, em parceria com a Fundação Instituto de Administração (FIA).

Criada em 1997, a pesquisa distingue as organizações que melhor cuidam de seus colaboradores. Com uma metodologia que se tornou cada vez mais crítica e rigorosa ao longo dos anos, a premiação é hoje uma referência nacional para a área de recursos humanos. Ao lado do Grupo Kyly, estão na lista empresas catarinenses como Tigre, Portinari, Weg e Intelbras.

 “No Grupo Kyly, ouvir as pessoas é o principal. E isso está amarrado a uma série de ações e projetos que realizamos", celebra Alexandro Rodrigo de Sá, Gerente de Gestão Humana, que lidera uma equipe de cerca de 15 pessoas, responsáveis pela manutenção de dezenas de programas voltados ao bem-estar dos cerca de 1,8 mil colaboradores. “Estamos batendo muito forte na transparência e na comunicação com o nosso time. Isso dá muito trabalho. Mas também é bastante recompensador”.

Criado em 1985 pelo jornalista Salézio José Martins, o Grupo Kyly começou como uma pequena tecelagem. No fim da década de 1990, passou a focar em roupas infantis, tornando-se um dos líderes do segmento. Atualmente, cinco marcas fazem parte do portfólio: Kyly, Milon, Nanai, Amora e Lemon. 

Entre os programas e ações de gestão humana estão projetos de saúde, clima organizacional, bem-estar, integração, inclusão, segurança, diversão. O resultado deste conjunto é uma bem-sucedida política de recursos humanos.

Sobre o Grupo Kyly 

No mercado desde 1985, o Grupo Kyly produz confecções de alto valor agregado para os mais exigentes mercados. Hoje, a empresa conta com cerca de 1,8 mil colaboradores, sendo uma das indústrias de maior representatividade no segmento de vestuário infantil no país. Em 2018, o grupo faturou R$ 445 milhões. Para este ano, a perspectiva é de crescimento em torno de 10% no faturamento. Por ano, a indústria produz cerca de 18 milhões de peças de suas cinco marcas: Kyly, Nanai, Milon, Amora e Lemon. Além das unidades próprias e franqueadas, as coleções das marcas do Grupo Kyly podem ser encontradas em 9 mil lojas multimarcas e no e-commerce. 

Assine nossa Revista

Garanta sua assinatura e receba a revista em casa!