NegóciosEconomia & Negócios

Rio do Sul recebe a primeira unidade do Senac no Brasil especializada em arte floral

No dia 02 de março será inaugurada, oficialmente, a Escola de Arte Floral em Rio do Sul, primeira unidade do Senac no Brasil especializada na oferta de cursos para o segmento. A unidade abriu as portas em outubro de 2019 e está formando a primeira turma do curso de Florista. A estrutura, composta por quatro contêineres em um espaço total de 117m², abriga um laboratório onde os alunos vão aprender técnicas de manipulação, manuseio e colheita das flores, produção de arranjos para os mais diversos tipos de eventos, além de conceitos de gestão de negócios e empreendedorismo.

O modelo de curso inovador, que se tornou referência para o Senac em todo Brasil, traz uma proposta de valorização de habilidades e também apresenta a possibilidade de agregar valor à produção do segmento, viabilizando a expansão de negócios nas empresas desta área. “A construção da Escola de Arte Floral em Rio do Sul coroa um investimento bem-sucedido na capacitação de profissionais para o segmento. Esse novo espaço, que segue padrões internacionais, vai possibilitar trazer para a cidade novos cursos e especialistas renomados. Além disso, vai contribuir para profissionalização e o desenvolvimento desse setor na região do Alto Vale”, explica Alvacir Conte, diretora da Faculdade Senac em Rio do Sul.

Projeto Florescer SC

O Projeto Florescer SC, iniciativa do Senac SC em parceria com o Governo do Estado, tem o objetivo de fortalecer o segmento de flores e plantas ornamentais no Alto Vale do Itajaí, gerando um novo modelo de renda aos produtores rurais. A finalidade é implantar um projeto-piloto para a estruturação da cadeia produtiva, incluindo comercialização e distribuição de flores e plantas ornamentais, visando, inclusive, a abertura de mercado aos países do Mercosul.

Em janeiro deste ano, empresários, representantes de classe e produtores da região se reuniram na Faculdade Senac em Rio do Sul para conhecer o projeto, discutir o segmento de flores e viabilizar iniciativas para o setor. Participaram do encontro, além de representantes do Senac SC, Aline Cristine Ghisi, Gerente de Empreendedorismo Individual, e Letícia Duarte Lemos, Diretora de Empreendedorismo e Competitividade, ambas da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável do Governo do Estado.

O Florescer SC faz parte do Programa Integração Sistema S que visa reunir as entidades para executar ações conjuntas que gerem resultados no desenvolvimento econômico regional.

Sem crise

O mercado de flores vem crescendo a um ritmo acelerado no Brasil. Na contramão da crise econômica que ainda afeta o país, em 2018 o mercado de flores registrou crescimento de 10% em relação ao ano anterior. Os consumidores de São Paulo gastam, em média, R$ 50 por ano com flores. A média de gastos no país é de R$ 35, segundo o Instituto Brasileiro de Floricultura – Ibraflor.

Em Santa Catarina, conforme dados da Epagri, existem 500 produtores de plantas ornamentais e flores em 115 municípios e com produção em 1.450 hectares, movimentando por ano cerca de R$ 37 milhões. Isto coloca o estado em terceiro lugar no Brasil na produção de plantas ornamentais e flores.

A Escola de Arte Floral e o Projeto Florescer SC vão contribuir para que a região de Rio do Sul se torne referência na cadeia produtiva da floricultura e também em arte floral. Com esses investimentos, além de capacitar profissionais, a instituição também contribui para desenvolver o potencial econômico do Alto Vale do Itajaí criando novas oportunidades de negócio”, destaca o Diretor Regional do Senac SC, Rudney Raulino.

Assine nossa Revista

Garanta sua assinatura e receba a revista em casa!