Life & HomeCasa & Decor

Quartos originais na CASACOR /SC: a cama no centro das atenções

Maior mostra de arquitetura, decoração e design segue aberta ao público até o dia 27 de outubro no Cidade Milano, Centro da Capital

 Ideias originais e propostas bem funcionais para quartos na CASACOR/SC mostram que o dormitório, além de lugar de descanso, pode ser uma experiência estética, de reconexão ou de brincar. Na mostra, aparecem no contexto de loft ou como ambientes únicos, seja para um casal, para crianças ou para receber hóspedes. 

A experiência da maternidade contribuiu para que Talita Abraham e Tici Tieppo chegassem ao projeto Quarto dos Irmãos. O espaço de 37m² foi pensado para ser compartilhado por uma menina de seis anos e um menino de três e cumpre todas as funções: vestir, estudar, dormir e, principalmente, o brincar. Tudo é lúdico e convida a estar, a imaginar. O mobiliário se destaca: é versátil e pode ser aproveitado ao longo das várias fases de uma criança. Pode inclusive ser usado em outras partes da casa, já que harmoniza ao contexto de um quarto de irmãos pequenos, mas não é infantil.

— Para dar conta da bagunça, criamos vários elementos para ajudar na organização: nichos, caixas, espaço embaixo da cama. Temos a vivência de uma casa com criança e do que elas precisam. Os brinquedos de madeira, por exemplo, propõem uma interação lúdica com experiências que os pequenos de hoje terão como adultos no futuro — diz Tici Tieppo.

No Quarto entre Fases, de Andréia Bocchi, Michael Zanghelini e Jeane Silva, o foco é outro: uma mulher madura contemporânea focada no protagonismo feminino. A cama está posicionada no centro do quarto e a novidade está na adega — por que não? Afinal, quarto é também lugar para estar e se curtir.

A cama no centro das atenções

No Cloud Nine, de Gabriel Bordin, a ideia é que o usuário do quarto se sinta nas nuvens. A cama, assinada pelo arquiteto para a Reveev Colchões, é um dos destaques: é mais baixa que os padrões encontrados e lembra um tatame. Quatro puffs abraçam o colchão e dão a ideia de emoldurá-lo. São quase como uma extensão da cama, elementos convidativos que dão um ar de espaço de estar, de permanência e convívio entre um casal.

— Entendo o quarto como espaço de recarregar energias, por isso meus projetos são mais analógicos, ou seja, feitos para a pessoa de fato se desligar. Cores claras ajudam a mente a descansar e por isso o controle da entrada de luz é importante — explica o arquiteto.

Sobre a cama, a proposta despojada de Bordin é a primeira assinada da Reveev.

— As pessoas em geral não dão a importância devida para os colchões da mesma forma que dão atenção para outros móveis da casa. Principalmente em nível de engenharia de produto e qualidade. E o colchão é o único mobiliário que realmente vai estar ali, em contato com o corpo e contribuindo para o relaxar — diz Klaus Diether Glatz, da Reveev Colchões.

A marca de São Bento Sul, Norte de SC, é parceira da CASACOR e de destaca por propor estética aliada ao conforto que um colchão deve ter. Bases com diferentes alturas são um exemplo: 10cm, 20 cm e 25 cm. O padrão  do mercado é mais alto, mas o modelo mais baixo é uma aposta dos arquitetos, além de serem ergonômicas e alinhadas às demandas de um mercado onde os ambientes são pequenos e compactos.

Para desconectar do mundo

Para o Quarto Unplugged, Ana Luiza Tomasi, chama atenção para a beleza do imperfeito. O projeto foi inspirado na tendência Japonesa Wabi-Sabi, que ressalta a ideia de aceitar a imperfeição e aproveitar ao máximo a vida. A proposta vai bem como um respiro diante de vidas perfeitas expostas em mídias sociais.

— Explorei os materiais naturais, a assimetria nas formas, as texturas e os volumes do ambiente. O quarto foi pensado para um jovem casal com uma rotina profissional acelerada e levantar um debate pertinente em tempos de excesso e exagero em redes sociais — descreve ela.

O teto arredondado foi feito em gesso e a pintura remete ao concreto aparente. Nas paredes, foram utilizadas lâminas de madeira natural diferentes e não-uniformes. A iluminação é controlada por automação e dimerizada, criando diferentes cenários. 

A luminosidade é também destaque nos projetos em que o dormitório está no contexto de loft. É o caso do Loft Duo, de Cris Passing  e Giovane Marangoni. Os tons neutros e as diferentes texturas de madeiras de reflorestamento, pedras e tecidos trazem uma unidade ao espaço com muito acolhimento complementado pela iluminação.

Sobre a CASACOR / Santa Catarina

Empresa do Grupo Abril, a CASACOR é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. O evento reúne anualmente prestigiados arquitetos, decoradores e paisagistas. Em 2019, serão 15 praças nacionais: São Paulo, Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina (Florianópolis e Balneário Camboriú) e Ribeirão Preto. A mostra ocorre ainda em quatro praças internacionais: Bolívia, Estados Unidos, Paraguai e Peru. Veja mais em www.casacor.com.br.

Agende-se

O QUÊ: CASACOR Santa Catarina/Florianópolis 2019

QUANDO: 15 de setembro a 27 de outubro - Terça a Sexta, das 15h às 21h

Sábados e feriados, das 13h às 21h – Domingo, das 13h às 19h. O evento não abre às segundas-feiras.

ONDE: Empreendimento Cidade Milano (Av. Mauro Ramos, 1512, Centro, Florianópolis). Estacionamento no local.

INGRESSOS: R$ 50 / R$ 25 (meia, necessário comprovante)

INFORMAÇÕES: contato@casacorsc.com.br / (48) 9 9938-3894

https://casacor.abril.com.br/mostras/santa-catarina

Assine nossa Revista

Garanta sua assinatura e receba a revista em casa!