Life & HomeViagem & Turismo

Serra Catarinense: região encanta pelos bons vinhos e belas paisagens

Tratando-se de vinhos, o novíssimo mundo é a Serra Catarinense. Cada vez mais, os vinhos finos e espumantes produzidos no terroir de altitude de Santa Catarina estão conquistando qualidade, apreciadores e fama internacional. O enoturismo também vem ganhando força nesta região, atraindo visitantes para experiências enogastronômicas repletas de novas sensações.

Na Serra Catarinense, a experiência de degustar bons vinhos é enriquecida pela exuberância de paisagens com montanhas, araucárias, campos e vinhedos que representam um atrativo único a nível mundial. 

Já pensou em harmonizar vinhos com paisagens? Então confira dicas de vinícolas com cenários inesquecíveis no Estado.

A vinícola Thera, localizada próxima da BR-282, em Bom Retiro, conta com winebar e espaço para eventos, construídos em harmonia com a paisagem entre campos, lagos e florestas de araucárias.

O Pericó Valley, onde os vinhedos foram implantados, em São Joaquim, é uma das localidades com a maior ocorrência de neve do país.

A Villa Francioni, localizada perto da cidade de São Joaquim, é considerada uma das vinícolas mais bonitas do mundo. Quase sempre aberta, a Villa é parada obrigatória para os visitantes que buscam um primeiro contato com os vinhos da região serrana.

A vinícola Villaggio Bassetti, localizada em São Joaquim, é a única da região com vias asfaltadas entre seus vinhedos.

Villaggio, ainda em obras no Pericó Valley, em São Joaquim, a vinícola está sendo construída com materiais alternativos e sustentáveis. Os vinhos Villaggio Conti também podem ser degustados e comprados no winebar Vini di Altezza, no Passeio Pedra Branca, em Palhoça, SC.

A vinícola Abreu Garcia, localizada em Campo Belo do Sul, com acesso pela BR-282, possui recepção e degustação personalizada com enólogo e um secular sítio arqueológico próximo aos vinhedos.

A vinícola Kranz produz seus vinhos adquirindo uvas finas dos produtores da região de São Joaquim. Entretanto, compensa uma visita à sua sede, na pitoresca cidade de Treze Tílias, pela arquitetura austríaca do lugar e pela tecnologia de ponta empregada em todas as etapas da produção.  

A vinícola Panceri, localizada no interior de Tangará, possui em meio aos seus vinhedos o único Museu de Vitivinicultura de Santa Catarina.

Os vinhedos da vinícola Suzin situam-se na localidade de Alecrim, em São Joaquim, e destacam-se pela beleza de uma paisagem levemente ondulada entre campos e coníferas.

A vinícola D’Alture está localizada nas proximidades da cidade de São Joaquim, e possui visão ampla para seus vinhedos, campos nativos e outras vinícolas da região.

A vinícola Urupema, que rende homenagem no nome ao município onde está situada, possui um dos mais belos e elevados vinhedos de Santa Catarina. Uma bela paisagem que vai além do que as fotos conseguem registrar.

A vinícola Leone di Venezia fica na localidade de Morro Agudo, em São Joaquim. A arquitetura da vinícola foi inspirada no palácio Villa di Maser (Treviso, Vêneto), obra prima do arquiteto Andrea Paládio. É considerada a mais italiana das vinícolas do terroir de altitude da Serra Catarina. 

Os vinhedos do Monte Agudo localizam-se próximos da cidade de São Joaquim, e possibilitam uma vista privilegiada para a região com a maior localização de vinícolas da Serra Catarinense.

Localizada no Planalto Catarinense, em Água Doce, próxima da BR-153, a Villaggio Grando possui a maior área plantada de vinhedos do Estado. Um lago, bons vinhos e o sunset espetacular da vinícola completam a nossa lista, deixando um gostinho de quero mais. 

Matéria elaborada por Gil Karlos Ferri, pesquisador Global Environmental History e coordenador do case História & Vitivinicultura.

Assine nossa Revista

Garanta sua assinatura e receba a revista em casa!